20041125

Precisam todos ser homens de ação?

Com gente tão mais paciente, ativa e talentosa do que eu a materializar as idéias e sentimentos [leiam o artigo mais recente do Warfare State] a nebulosamente habitar a cabeça -- e aqui se insere adequadamente aquela idéia da preguiça que causa ter que construir uma teia que verá como resultado algo que, mesmo fragmentado, nos parecia óbvio e pertencente a esfera mais rasteira do bom senso -- perfazem-se razões mais que suficientes para que eu veja quase como desnecessária (além de arriscada) minha incursão por certos assuntos. Assim, permaneço no que modestamente creio poder oferecer mínima contribuição.